Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
19/11/19 às 16h04 - Atualizado em 19/11/19 às 16h41

Novembro Azul – FUNAB

Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal incentiva campanha de prevenção entre funcionários da instituição

 

Desenvolvida mundialmente, a campanha Novembro Azul acontece todos os anos com o objetivo de reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Em 2019, os servidores da Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal, em símbolo de adesão à campanha, vestiram-se de azul, reforçando a necessidade do cuidado com a saúde íntima do homem.

 

A doença é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros e a causa da morte de 28,06% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, segundo dados recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca), um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata. O alerta deve ser considerado por todos, mas pessoas com a presença da doença em familiares de primeiro grau como pai, irmãos ou filhos devem ter atenção redobrada.

 

No Distrito Federal, durante todo o mês, o Governo desenvolverá atividades do Novembro Azul Itinerante, ação ampliada de conscientização direta e atendimento à comunidade. Os acolhimentos já foram oferecidos na Feira do Guará e no Setor de Oficinas da cidade, escolhidos por serem locais de grande circulação de pessoas do sexo masculino. No dia 19, o atendimento será realizado no Riacho Fundo I.

 

O que é a próstata

A próstata é uma glândula masculina que tem forma de uma noz e fica logo abaixo da bexiga e à frente do reto. O órgão envolve a porção inicial da uretra, tubo pelo qual a urina é eliminada da bexiga.

 

O que é câncer de próstata

Durante o funcionamento da próstata, algumas células podem se desenvolver e multiplicar de forma anormal, provocando o surgimento de um tumor. O câncer de próstata é o segundo mais incidente entre os homens no Brasil, apenas atrás do câncer de pele não melanoma. Estima-se 68.220 mil novos casos da doença no país, em 2018. O risco estimado é de cerca de 66,12 novos casos para cada 100 mil homens.

 

Sintomas

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são:

 

  •  Dor óssea;
  •  Dores ao urinar;
  •  Vontade de urinar com frequência;
  •  Presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

 

Fatores de risco:

  • Histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio;
  • Homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer;
  • Obesidade.

 

Quando procurar o médico

Quando o homem perceber sinais e sintomas sugestivos da doença, como: dificuldade de urinar; diminuição do jato de urina; necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite; e sangue na urina. A detecção do câncer de próstata pode ser realizada com exames clínicos, laboratoriais ou radiológicos (diagnóstico precoce).

Os homens sem sinais ou sintomas, mas pertencentes a grupos com maior chance de ter a doença, podem realizar com exames de toque retal e de sangue para avaliar a dosagem do PSA (Antígeno Prostático Específico).

 

Como é feito o diagnóstico de câncer de próstata

O exame de PSA é solicitado anualmente para acompanhar as alterações específicas da próstata. O resultado, quando alterado, pode indicar situações como inflamações, infecções, hiperplasia (crescimento benigno) e também o surgimento do câncer de próstata. O toque retal e a dosagem do PSA servem para indicar a necessidade da biópsia da próstata (retirada e análise de fragmentos da glândula e única forma de confirmar uma suspeita de câncer). A realização de exames é recomendada quando há presença de sinais e sintomas, conforme preconiza o Ministério da Saúde.

 

Como posso prevenir

 

– Adotar hábitos saudáveis diminui o risco de várias doenças, inclusive o câncer. Recomendamos:

– Manter uma alimentação saudável e equilibrada;

– Não fumar.

– Identificar e tratar adequadamente a pressão alta, diabetes e problemas de colesterol

– Manter um peso saudável;

– Praticar regularmente atividades físicas.

 

FONTES:
MINISTÉRIO DA SAÚDE
SOCIEDADE BRASILEIRA DE UROLOGIA

SECRETARIA DE SAÚDE DO DF

 

Mais informações sobre o Novembro Azul Itinerante em:  Agência Brasília 

 

 

 

 

Fundação Universidade Aberta do Distrito Federal - Governo de Brasília

FUNAB

Residência Oficial da Granja do Torto - Parque Tecnológico de Brasília - BIOTIC, Lote 4, DF / FUNAB - 2° ANDAR CEP: 70635-81